IV MOSTRA CINEMA SESCPE
Continue

ETHXÔ NANDUDYA

Desde o surgimento do coronavírus o povo Fulni-ô vem acompanhando as notificações dadas principalmente pelo jornal televisivo e pela internet. Acreditava-se que seria impossível o vírus chegar no Brasil, mas chegou, impactando toda forma de convivência na aldeia e com isso surgindo novas estratégias para tentar seguir as orientações dadas pela OMS.

Thul’se Audiovisual (lê-se tulicê que significa corte) é um coletivo de ação audiovisual, sem fins lucrativos, formado por indígenas da etnia Fulni-ô, atuam na produção de filmes independentes com tema voltado para o seu povo, principalmente na linha documentário. O grupo hoje é composto por 7 integrantes com atuação ativa também em mídias sociais.

Roteiro
Fernando Matos

Produção
Narriman Kauane
Thales Matos

Direção de fotografia
Fernando Matos, Narriman Kauane, Raryson Freitas, Tayho Fulni-ô, Thales Matos

Produtora
Coletivo Thul'se Audiovisual

Montagem/Edição
Tayho Fulni-ô

  • FÉ NA REZA

  • INABITÁVEL

  • FRAGMENTOS DE GONDWANA