IV MOSTRA CINEMA SESCPE
Continue

MARIE

Marie retorna ao sertão, depois de 15 anos, para enterrar o pai. Lá reencontra seu melhor amigo de infância, Estevão e com ele o seu passado. Com a ajuda de Estevão, Marie parte numa viagem para enterrar o pai na cidade do Crato.

É idealizador e Diretor Artístico do Cine Jardim – Festival Latino-Americano de Cinema de Belo Jardim (Belo Jardim – Pernambuco), Mostra Curta Vazantes: Cinema em Comunidade (Vazantes – Ceará) e curador do Cine Congo – Festival do Audiovisual da Paraíba (Congo – Paraíba). É sócio diretor da Pontilhado Cinematográfico e, também, exerce a função de Gestor Cultural da Universidade Católica de Pernambuco.

Entre seus trabalhos como diretor e roteirista destacam-se os documentários: “Retratos” (2010), “Tubarão” (2013) e “Baunilha” (2017), o filme de animação: “As aventuras do Menino Pontilhado” (2016) e os filmes de ficção: “Nova Iorque” (2018) e “Marie” (2019).

Roteiro
Leo Tabosa

Produção
Pontilhado Cinematográfico

Direção de arte
Isabela Stampanoni

Direção de fotografia
Petrus Cariry

Produtora
Pontilhado Cinematográfico

Montagem/Edição
Caio Zate

  • FRAGMENTOS DE GONDWANA

  • D-20 VERMELHA

  • TORNAR-SE MONSTRA OU HUMANA