IV MOSTRA CINEMA SESCPE
Continue

TORNAR-SE MONSTRA OU HUMANA

“Tornar-se Monstra ou Humana?” é um curta/videoarte de caráter surrealista/pós-ficcional que busca refletir sobre criar caminhos para que corpas TRANS-possíveis, existam.

É sobre entender os processos de desumanização, quais mulheres trans e travestis estão constantemente submetidas, de forma visceral, navegando o íntimo dessas inquietações por meio de estados como o sonho, pesadelo, encantamento e desejo de vida.

A obra se pergunta: Como insurgir diante dos olhares atravessados que encontramos na ruas? Até quando iremos sangrar? De que forma lidamos com o desassossego dos outros projetados injustamente em nós? Como se desfazer das frases violentas que invadem a carne e tentam romper com nossas Almas?

Essa é uma investigação de presságios, mundos habitáveis, sobre uma necessidade de reação contra um CIStema que está armadilhado para humanas que tomaram a liberdade de EXISTIR.

Catarina Almanova (1997) é performer, escritora, atriz, poetisa, diretora e roteirista. Reside na cidade de Recife - Pernambuco onde atua tensionando a experiência de transmutar sua corporalidade como forma de abrir rupturas necessárias para vivenciar uma experiência além da narrativa dada existente no país que mais mata mulheres trans e travestis no mundo. Graduanda em Licenciatura em Teatro pela Universidade Federal de Pernambuco, pesquisa e nutre o conceito de perfuração de realidade, adentrando o campo do sensível como obra de sua potência.

Roteiro
Catarina Almanova

Produção
Sophia William

Direção de arte
Catarina Almanova, Oura Aura do Nascimento

Direção de fotografia
Caldo de Cana Filmes

Produtora
Catarina Almanova

Montagem/Edição
Caldo de Cana Filmes

  • O BEM VIRÁ

  • MARIE

  • OS ÚLTIMOS ROMÂNTICOS DO MUNDO